Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

 

On Stage

 

 

 

A primeira banda do palco principal na segunda noite de festival foi A Silent Film. Sinceramente, não conhecia, mas adorei. Fiquei super arrependida por não ter falado com eles quando tive oportunidade. Passaram por mim imensas vezes durante o dia... Subestimei-os injustamente.

 

A seguir foi a vez do David Fonseca. Não digo que não tenha boa voz (até aprecio a voz dele) mas simplesmente não aprecio as músicas, exceptuando uma ou duas baladas. Passei o concerto todo na parte de trás do palco e apesar de saber que foi um
optimo espetáculo, não me arrependi nada.
A meio do concerto do D.F., os membros dos Placebo passaram por mim. No início estava um pouco receosa de lhes falar porque não tinha a certeza se eram eles ou não. Há muito tempo que aprecio algumas músicas deles, mas por alguma razão, nunca me interessei muito pela banda e só tinha visto duas ou três fotos deles. Por isso, tinha medo de lhes falar porque receava que não fossem mesmo eles e não queria passar uma grande vergonha. Mas quando o Steve passou, reconheci-o de imediato. Fui ter com ele e pedilhe se podia tirar uma foto comigo e dar-me um autógrafo. Tremia que nem varas verdes e ainda hoje estou surpreendida por ter conseguido não mandar um berro histérico na cara dele. Fiquei positivamente surpreendida com a disponibilidade dele e com a sua extrema simpatia.

O concerto deles foi muito fixe, mas faltou interacção com o público e um pouco de slash. lol
Vi uma parte no público e outra no backstage. Sério, nunca pensei ver um concerto destes no backstage... Acho que foi só nessa altura que me apercebi da minha sorte...
Para acabar a noite em beleza, uma actuação fantástica da Peaches. Acho que estava mais ansiosa por vê-la do que aos Placebo, mas não me desiludiu, muito pelo contrário. Para mim foi o melhor concerto de todos. Ela passou o concerto praticamente todo com um pé torcido, uma vez que se magoou ao saltar da bateria logo no fim da segunda música, mas durante quase duas horas andou ali a correr de um lado para o outro, a saltar por tudo quanto era canto, a andar por cima do público, a mudar de roupa em quase todas as musicas...
Tive pena de não poder estar com ela no fim de concerto, uma vez que ela foi logo para a tenda médica quando acabou. Foi um dos melhores concertos que já vi.


By Moon às 12:42 | link do post | comentar | favorito

Sobre mim
Posts recentes

Post #200

Pensamentos...

Happy Birthday Michael

Twilight

Post #196

Férias

Quando for grande...

Indo eu, indo eu...

*facepalm*

Chuvaaa!!

arquivos

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Links
blogs SAPO